16 jun

Música Códigão do @leandroguarino

Olá amigos, esta eu não podia deixar de compartilhar com vocês!!!

Na faculdade eu tenho o lunático professor @leandroguarino, que tem métodos muito interessantes de lecionar, e um deles me chamou a atenção! Durante suas aulas em um cursinho preparatório para NOOBS, ele desenvolveu uma música que explica Programação Orientada a Objetos, que por sinal já se tornou um MEME e é cantada pelos corredores da faculdade diariamente!

 

Sem Mais, seguem as duas versões já criadas da música, para quem quiser fazer sua própria e compartilhar conosco, foque a vontade!

Download 1 – Versão Original por @leandroguarino

Download2 – Versão Blues por @withcaffeine

Letra:

Codigão POO
Letra: Leandro Guarino / Música: ainda não tem, mas aceito sugestões

Classes geram objetos, isso é instanciação.
Posso concluir que o objeto é uma instância de uma classe, então.

A POO tem 3 pilares: herança, polimorfismo e encapsulamento.
Só pra rimar, fique bem atento!
Para encapsular, usa o privado, mas é bom lembrar que ainda tem protegido e público.
O protegido é visto pelas subclasses
Então, estuda esta música porque eu quero que você passe!

O objeto tem uma interface,
que nada mais é que seus métodos públicos
Que podem ser de 3 tipos
Construtor, acessor e mutante
Para inicializar, chama o construtor
Para pegar o valor, chama o acessor
Já para alterar, chama o mutante
É bom lembrar que aquilo é abstrato
É diferente daquilo que é concreto,
Por isso eu posso dizer que a classe abstrata
Não gera nenhum objeto

[Refrão]
Agora abra bem suas mãos,
Vire para baixo e cante o refrão
Eu quero có, có, codigão
Eu quero có - di - gão.

Para se comunicarem, os objetos têm duas maneiras
Eles se associam ou passam mensagens
Passar mensagem nada mais é que chamar os métodos da interface
Já para associar, vamos relembrar
tem agregação e composição
Lembre-se de que a composição é mais forte e dependente

Geração saúde toma suco natural
Relacionamento saudável é relacionamento confiável
Hoje só se fala em reciclar, por isso tudo tem que ser reutilizável
Quando seu primo chato descobre que você é técnico, ele chama para fazer manutenção
Para fazer uma gambiarra, você usa uma extensão, que faz lembrar aquilo que é extensível
Quando você abre a boca quando só tem certeza, você faz um comentário oportuno
Esses são os objetivos e benefícios da POO

Para fechar, vamos falar sobre polimorfismo
No puro, o objeto pode morfar
Da superclasse para a subclasse
Já no de sobrescrita, um método igual ao da superclasse
é redefinido na subclasse
Para a sobrecarga um método com mesmo nome
recebe parâmetros diferentes
E no paramétrico, o objetivo é criar
classes e métodos genéricos

 

Aliás um muito obrigado ao amigo @withcaffeine por ter feito a versão Blues da música!

Cristóferson Vila Nova Fontes

Graduando em Tecnologia em Informática com ênfase em Bancos de Dados, Servidor Público, Blogueiro, Militante do Software Livre, Usuário Ubuntu, Leitor de Mangás, Marido de Elis Regina e Pai dedicado de Sophia. Sigam-me no Twitter manolos!
  • Muitooooooooooooooooooo boa!!!

    • Nicholas Lima

      uhauhauha Legal mesmo… Valeu por compartilhar com a galera!

      Abração

  • Ficou bem legal! só a versão original que não consegui ouvir! =/

  • Pingback: Domingo de Links #3 « Blog dos Programadores()

  • ronan

    que doiiiiido!!!! Muito Bom mesmo!!!